Hidratos de carbono versus proteínas

Perder peso com Hidratos de carbono ou com proteínas

137

Qual a melhor opção para perder peso? O que será mais adequado: uma dieta rica em hidratos de carbono ou em proteínas

é um facto que durante vários anos, a recomendação para perder peso esteve ligada a uma dieta rica em hidratos de carbono complexos, com muitas fibras e vegetais, e uma ingestão limitada de carne vermelha e de comidas gordas. Contudo, já no ano 1972, o Dr. Atkins, conhecido cardiologista norte-americano, lançou um livro que sugeria restringir a quantidade de hidratos de carbono e aumentar o consumo de proteínas, e, em algumas situações, até de gordura.

Desde essa altura, surgiram numerosos livros sobre o assunto e também muitas dietas, deixando as pessoas confusas e ao mesmo tempo obcecadas por saber a quantidade de hidratos de carbono dos alimentos e quase sempre vendo o hidrato de carbono como um inimigo.

Contudo todas as pessoas devem ter em consideração diversos fatores, é muito importante entender que o organismo humano depende dos hidratos de carbono para viver e que, na ausência deles na nossa dieta diária, o corpo terá que ir buscar energia a outras fontes, como na gordura e, posteriormente, nas proteínas.

Durante este processo, ácidos e corpos cetónicos são libertados, causando um quadro de cetose no organismo (dor de cabeça, tonturas, desidratação e fraqueza), sintomas que podem aparecer e, dependendo do grau de restrição de hidratos de carbono, tornar grave o quadro metabólico. Este estado de cetose é extremamente prejudicial para o fígado e dessa forma será um indicador sério de um futuro problema neste órgão vital.

Além disso, devemos estar cientes que substituir hidratos de carbono por carnes, na verdade, só vai elevar o consumo de gorduras saturadas e de colesterol, sobrecarregando os rins e prejudicando o maior consumidor de glicose: o cérebro, a ponto de o seu funcionamento normal ficar alterado, diminuindo os reflexos e a capacidade de atenção.

A restrição radical do consumo de hidratos de carbono certamente pode fazer perder peso, porém, à custa de um processo de descompensação pela falta de energia. Verifica-se, hoje, que o consumo de hidratos de carbono refinados (doces e refrigerantes), aliado ao estilo de vida moderno, tem resultado no aumento de excesso de peso, obesidade, diabetes, hipertensão e aumento nas taxas lipídicas, entre outros problemas limitadores da saúde.

Deverá evitar qualquer tipo de dieta que incite ou induza a Cetose, esse tipo de dietas vão reduzir peso à custa da massa muscular e de prejudicar vários órgãos que podem sofrer transtornos irreversíveis.

Recomendamos que leia também:

Como evitar deterioração da nossa saúde com a alimentação!

Quantas calorias são necessárias para emagrecer?

você pode gostar também Mais do autor

Este site utiliza cookies para melhorar a navegação. De acordo com as leis europeias ao navegar neste site concorda com a utilização de cookies Mais informação

Este site utiliza cookies para melhorar a navegação. De acordo com as leis europeias ao navegar neste site concorda com a utilização de cookies

Close