A Hipertensão arterial e a sua abordagem na Medicina Chinesa

A Hipertensão arterial e a sua abordagem na Medicina Chinesa
Avaliar

As doenças cardíacas são consideradas uma das principais causas de morte nos países industrializados. A hipertensão arterial é uma doença que, pelas implicações que tem na saúde coronária, é também um sinal de risco para determinadas doenças cardíacas. Descubra como a medicina chinesa pode ajudar a resolver este problema.

Genericamente, a hipertensão arterial define-se como uma doença crónica que se caracteriza por uma pressão arterial anormalmente elevada. Em termos médicos, o nível de pressão do sangue nas veias e nas artérias encontra-se elevado, levando assim a um esforço maior por parte do coração para bombear o sangue para todas as partes do nosso corpo.

Hipertensão arterial

A pressão arterial é sempre medida em dois níveis: a pressão sistólica (quando o músculo cardíaco está contraído) e a diastólica (quando o coração se encontra em estado de repouso). A tensão arterial ideal depende do género e da idade, adquirindo diferentes valores ao longo do dia e do nosso ciclo de vida. Uma tensão arterial de 120/80 mmHg ou abaixo é considerada uma tensão óptima ou normal. Contudo, os valores acima da média são considerados fatores de risco para a ocorrência de AVC (acidentes vasculares cerebrais), enfartes do miocárdio, aneurismas, doença arterial periférica, insuficiência renal crónica e cardíaca.

De entre os principais sinais e sintomas da hipertensão, destacam-se as dores de cabeça (sobretudo na zona occipital), as tonturas, as vertigens, os enjoos, os distúrbios e perturbações da visão e os desmaios súbitos. É importante não ignorar nenhum destes sintomas quando prolongados no tempo.

No entanto, é importante salientar que há fatores de risco que potenciam o aparecimento da hipertensão arterial. De entre alguns fatores, gostaríamos de salientar o sedentarismo, as más opções alimentares (como por exemplo, comidas picantes, temperos fortes e refeições pesadas), a ingestão de comida com demasiado sal, entre outras.

A medicina chinesa na prevenção e no tratamento do aumento da pressão arterial

A medicina chinesa é uma área médica que além de atuar no tratamento de patologias, também atua na prevenção de sinais, sintomas e doenças, tendo uma elevada taxa de sucesso na prevenção de algumas doenças. Deste modo, a medicina chinesa é muito efetiva na prevenção de aumentos de tensão arterial, através dos tratamentos de acupuntura, da toma de fitoterapia, da prática regular de ginástica energética como o Tai Chi e o Qi Cong e do aconselhamento dietético.

Assim, a acupuntura, que é uma área terapêutica que coloca ao longo do corpo finas agulhas, atua no tratamento da hipertensão arterial ao equilibrar o órgão fígado. De acordo com a medicina chinesa, as diversas doenças estão diretamente relacionadas com quadros de desequilíbrio energéticos de vários órgãos. Neste caso, o fígado é o responsável pela agressividade, cólera, mas também pelo anormal aumento da pressão arterial. Logo, um tratamento de acupuntura direcionado para o alívio desta situação, envolve necessariamente um reforço e consequente equilíbrio energético do fígado. No entanto, o equilíbrio deste órgão também é potenciado e reforçado pela toma da fórmula certa de fitoterapia (medicamentos naturais feitos com base em plantas orientais). Também o aconselhamento dietético se revela de grande pertinência no sentido em que torna possível evitar todos os alimentos que, de acordo com a sua natureza, têm um efeito maior no fígado.

 

Recuperação de sequelas de AVC

Uma das possíveis consequências da hipertensão arterial é o AVC. Sendo uma situação que exige cuidados específicos, e dependendo do tipo de AVC (isquémico ou hemorrágico), a medicina chinesa atua no tratamento das sequelas provocadas pelo AVC isquémico. Ao longo dos últimos anos, a medicina chinesa, através da conjugação das suas várias áreas, apresenta-se como uma terapia de sucesso, ao conseguir reverter progressivamente algumas sequelas, combater alguns sintomas e dar mais qualidade de vida aos pacientes. A conjugação da medicina chinesa com a fisioterapia e com a terapia da fala pode levar a uma recuperação com uma taxa de sucesso de 90 por cento.

Conselhos para a prevenção da hipertensão arterial

– Praticar atividade física regular (pelo menos três vezes por semana). Não é preciso que a atividade escolhida seja sempre fisicamente exigente. Uma caminhada ou andar de bicicleta, é igualmente considerada uma boa forma de praticar desporto e de, ao mesmo tempo, estar em contacto com a Natureza e com os amigos

– Manter o peso estável ao longo da vida, procurando essencialmente evitar o ganho de peso;

– Redução do consumo de sal na alimentação;

– Limitar o consumo de bebidas alcoólicas, em especial de bebidas brancas. Um copo de vinho tinto à refeição pode até ser considerado como estimulante da normal atividade cardíaca, desde que não ultrapasse os 2 copos de vinho diários)

– Limitar o consumo de café (até 3 por dia, sendo que o ideal seria apenas um);

– Aumento do consumo de frutase legumes, especialmente legumes de cor verde escura pela maior quantidade de cálcio e sais minerais que possuem;

– Evitar refeições pesadas (feijoada, cozido à portuguesa, entre outros) à noite ou em dias de muito calor;

– Evitar condimentos fortes (qualquer tipo de picante ou piri-piri), pratos muito condimentados e de sabor forte, e alimentos com sabor ácido (como o limão, a lima e o tomate);

– Redução do consumo de fármacos / produtos químicos ao mínimo indispensável aconselhado pelo seu médico;

– Consumir muita água (a partir de 1,5L até 2L por dia) ou chá (desde que não seja chá preto, o qual apenas deve ser bebido ocasionalmente)

– Controlo regular (bianual ou anual) dos níveis de colesterol, triglicéridos e glicémia através de análises/ exames.

você pode gostar também

Este site utiliza cookies para melhorar a navegação. De acordo com as leis europeias ao navegar neste site concorda com a utilização de cookies. Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close