Importância do ouvido

Importância do ouvido
Avaliar

O ouvido é um órgão muito importante do corpo humano e nem sempre é corretamente valorizado.

A capacidade de ouvir permite trocar ideias e opiniões com outras pessoas através da fala. Serve também como fonte de prazer. Graças ao ouvido, goza-se a beleza  da música e o som da voz da pessoa amada. O ouvido, por outro lado, auxilia na proteção, quando por exemplo se ouve a buzina de um automóvel ou um aviso de incêndio.

As vibrações sonoras no ar provocam a vibração da membrana timpânica, as quais são levadas ao ouvido interno e convertidas em impulsos nervosos.

Como Cuidar do Ouvido

O ouvido é um órgão delicado, facilmente lesado por uma infecção ou um ferimento. Uma lesão séria do ouvido pode tornar a pessoa parcial ou totalmente surda. A lesão  do ouvido também pode causar perda do sentido do equilíbrio.

Prevenção de Ferimentos do Ouvido. Uma pancada no ouvido de alguém, particularmente com a mão espalmada, pode forçar o ar no conduto auditivo e romper o tímpano.
Também pode deformar a orelha, dando-lhe o aspecto que se vê em muitos lutadores de boxe, por causa dos repetidos socos que recebem na cabeça.

Os médicos frequentemente advertem: “Nunca introduza no ouvido qualquer objeto“. É um bom conselho, porque tudo o que se coloque no conduto auditivo, como grampos e palitos, pode causar grave dano. Um arranhão pode provocar dor ou infecção. Pequenos insetos às vezes penetram no conduto auditivo. Nunca tente retirar algo do  ouvido. Procure o médico.

Às vezes se acumula no ouvido grande quantidade de cera, chamada cerume. É uma secreção normal das glândulas que revestem o canal auditivo externo. Na tentativa  de retirar a cera, a pessoa pode, ao contrário, impeli-la mais para dentro. Isso pode ferir o conduto auditivo ou até lesar o tímpano.

Os tampões de cerume só devem  ser removidos por um médico. Ele utiliza uma seringa apropriada, que lança no conduto auditivo um jato de água moderadamente aquecida. Dirige-se o jato para a parede  do conduto, de forma que a pressão de retorno traz a cera para fora, mas não bate no tímpano com força bastante para lesá-lo.

Sons demasiado fortes podem igualmente causar dano ao ouvido, e até levar à perda da audição. Tampões apropriados protegem o ouvido dos ruídos extremamente fortes.

partes do ouvido

Partes do Ouvido

A parte visível do ouvido é apenas uma porção desse órgão vital, que se estende profundamente pelo crânio. O ouvido divide-se em três partes principais: o ouvido  externo, o ouvido médio e o ouvido interno. Cada qual representa um papel especial.

O Ouvido Externo. As ondas sonoras são captadas pelo pavilhão auricular, que as direciona pelo meato acústico externo para a membrana timpânica, ou tímpano.

O Ouvido Médio, é constituído pelo martelo, bigorna e estribo, que transmitem as vibrações sonoras do tímpano em direção ao ouvido interno. Atua também na redução  das vibrações maiores.

O Ouvido Interno é onde se encontram o labirinto ósseo, que contém o órgão terminal da audição (cóclea); os canais semicirculares e o vestíbulo, além de órgãos que contribuem para o equilíbrio do corpo.

Como funciona o ouvido

Uma onda sonora é uma vibração no ar. A estrutura do ouvido possibilita às vibrações sonoras passarem do exterior da cabeça à parte do cérebro que controla a audição.
As ondas sonoras fazem a membrana timpânica vibrar. Essas vibrações são transmitidas através do ouvido médio para a janela oval do ouvido interno. Esta transmite  as vibrações para a perilinfa através da passagem acima do ducto coclear.

As vibrações são então organizadas na membrana basilar, onde os sons de maior frequência  proporcionarão um maior deslocamento. Essas vibrações curvam os cílios das células ciliadas do órgão espiral. Isso implica em alterações no potencial eléctrico; geram-se impulsos nervosos, que são transmitidos ao cérebro, produzindo sensações sonoras.

Como o Ouvido Dá Equilíbrio

O ouvido confere também ao homem o sentido do equilíbrio. Fica difícil para uma pessoa até ficar em pé, no caso de lesão de certas partes do ouvido.
A superfície interna do vestíbulo e de parte dos três canais semicirculares é recoberta por células sensoriais ciliadas. Grânulos de carbonato de cálcio podem ser observados nesses cílios. Quando uma pessoa se move, esses grânulos fazem diferentes pressões sobre os cílios, produzindo alterações no padrão de impulsos nervosos emitidos ao cérebro. Daí a origem da sensação de equilíbrio.

Recomendamos que leia também:

Sangramento no ouvido

O zumbido no ouvido pode ter tratamento

Surdez infantil, causas, diagnóstico, sintomas e tratamentos

Cuide da saúde dos seus ouvidos porque são muito importantes para qualquer ser humano.

você pode gostar também

Este site utiliza cookies para melhorar a navegação. De acordo com as leis europeias ao navegar neste site concorda com a utilização de cookies. Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close