Quiabo uso em fitologia

Benefícios do Quiabo para a saúde!

Quiabo uso em fitologia
Avaliar

Nome em Latim: Hibiscus esculentus L.
Família: Malváceas

Referências históricas: O quiabo é uma das verduras mais antigas do mundo. Os Etíopes e os Egípcios já o utilizavam há vários milénios. Atualmente cultiva-se sobretudo nas regiões tropicais da África, da Ásia e da América. Embora não seja muito conhecido na Europa, é cada vez mais fácil encontrá-lo no comércio como verdura de importação.

Descrição:
Planta herbácea anual, que cresce até dois metros de altura. O fruto é de cor verde ou amarelada, encontra-se coberto por uma penugem fina, tem uma forma alongada e costuma medir entre 8 a 15cm.

Habitat:
Próprio da Etiópia, a sua cultura estendeu-se às regiões quentes de todo o mundo. Muito apreciado no Médio Oriente, na Índia, na Tailândia e na África.

Propriedades e Indicações:
Trata-se de uma das hortaliças mais nutritivas que, além disso, possui numerosas propriedades medicinais. É notável o seu conteúdo em proteínas, bastante elevado, tratando-se de um vegetal; provitamina A; vitaminas do Complexo B (especialmente B1, com 0,2 mg/100g, quase o dobro da contida na farinha branca de trigo); vitamina C e vitamina E. Poucas hortaliças ultrapassam o conteúdo do quiabo em cálcio, magnésio e ferro.

Além da sua riqueza vitamínica e mineral, o quiabo é rico em fibra solúvel do tipo mucilaginoso, que exerce uma função suavizante e protetora do tubo digestivo.
Quando se usa com fins medicinais, convém comê-lo juntamente com o sumo que solta durante a cocção (1).

Recomenda-se especialmente nos seguintes casos:
– Úlcera do estômago, gastrite e afeções do estômago em geral.
– Colites de todo o tipo, incluindo a ulcerosa.
– Afeções da garganta e bronquite. Bebe-se o seu líquido mucilaginoso quente, com o qual também se pode fazer gargarejos (2).

Preparação e emprego:

USO INTERNO
Cozinhado com limão: Faz parte de numerosos guisados. Não deitar fora o líquido mucilaginoso que solta quando ferve na água, pois é muito medicinal. Combina bem com ovos ou outras verduras e hortaliças.

Assado: Alguns preferem o quiabo assim, para evitar o líquido mucilaginoso que solta quando ferve na água, se bem que se torne menos medicinal do que cozido.

você pode gostar também Mais do autor

Comments are closed.

Este site utiliza cookies para melhorar a navegação. De acordo com as leis europeias ao navegar neste site concorda com a utilização de cookies Mais informação

Este site utiliza cookies para melhorar a navegação. De acordo com as leis europeias ao navegar neste site concorda com a utilização de cookies

Close