Quais os remédios mais usados para tratar Fibromialgia.

Quer conhecer os Remédios mais eficazes para tratar Fibromialgia?

Antes de mais, vamos lembrar de forma resumida que Fibromialgia é uma síndrome comum que se revela com dores dores por todo o corpo que o paciente sente durante longos períodos, com sensibilidade nas articulações, nos músculos, tendões, assim como em tecidos moles.

A fibromialgia é uma doença que está diretamente ligada à fadiga, distúrbios do sono, dores de cabeça, depressão e ansiedade. De difícil diagnóstico, a Fibromialgia ainda é um desafio para os médicos.

Uma dor persistente muito incómoda que a pessoa afetada sente em várias partes do corpo e não em apenas uma. Assim é a Fibromialgia, uma das principais doenças reumáticas no nosso país, sendo maioria mulheres.

A Fibromialgia está ligada de forma direta ao funcionamento anormal do sistema nervoso, que se vem a refletir em várias e incómodas dores em diversas partes do corpo.

A síndrome de fibromialgia caracteriza-se por uma dor difusa associada com outros sintomas frequentes como distúrbios de sono e do humor, dores de cabeça sem causa aparente, dificuldade de concentração, entre outros menos comuns tais como dores persistentes nos músculos, articulações, ligamentos e tendões , provocando a sensação de peso, fisgada, aperto e queimação.

medicamentos para Tratar Fibromialgia

O desconforto causado pelos sintomas desta doença costuma piorar nos dias mais frios, assim como durante o período pré-menstrual da mulher acometida e durante situações que causem estresse na pessoa. Esta doença pode, ainda, induzir no paciente distúrbios cognitivos, como depressão e ansiedade.

A realidade é que não são ainda conhecidos os motivos concretos que levam ao surgimento destes distúrbios, todavia, alguns fatores já foram percebidos, tais como fatores genéticos, que possuem um papel importante no que respeita a este problema de saúde. Contudo também outros fatores ajudam ao desenvolvimento da doença, tais como traumas emocionais e mudanças hormonais.

A fibromialgia é uma doença que não representa um risco de vida para a pessoa acometida, contudo a maior consequência para o paciente é o comprometimento da sua qualidade de vida, visto que as dores constantes afetam muito a vida das pessoas e a realização de tarefas diárias mesmo que simples.

Os principais Sintomas de Fibromialgia:

  • Dor generalizada: é o principal e é a origem do maior número de queixas de quem sofre da doença. A dor associada à Fibromialgia é sempre descrita como uma dor sentida em diversas partes do corpo e que demoram pelo menos três meses para desaparecer ou aliviar.
  • Fadiga: outra queixa frequente é o fato de as pessoas acordarem logo cansadas pela manhã, mesmo que tenham dormido por muitas horas. O sono também é constantemente interrompido por causa da dor, e muitos pacientes apresentam outros problemas relativos ao sono, a exemplo da apneia e insônia.
  • Dificuldades cognitivas: para os portadores de Fibromialgia, é mais difícil se concentrar, prestar atenção e focar em atividades que demandem esforço mental.
  • Dor de cabeça recorrente ou enxaqueca clássica, dor pélvica e dor abdominal sem causa identificada (Síndrome do intestino irritável).
  • Problemas de memória e de concentração.
  • Dormência e formigamento nas mãos e nos pés.
  • Palpitações.
  • Redução na capacidade de se exercitar.

Como é feito o diagnóstico de Fibromialgia: 

O diagnóstico desta doença deve ser feito clinicamente (pelos sintomas e do exame físico). Não se conhece na atualidade nenhum teste de laboratório que possam denunciar o diagnóstico, contudo o médico poderá solicitar exames para descartar outras doenças, com sintomas comuns.

Necessidade de ajuda médica e seguimento:

Visto que os sintomas de Fibromialgia podem ser muito idênticos aos de outras síndromes, o diagnóstico deve ser sempre efetuado por um reumatologista. Assim sendo é muito importante que, durante da consulta, não se esqueça de:

  • Descrever todos os seus sintomas e a intensidade das dores que sente
  • Falar sobre problemas médicos que teve no passado, bem como o de seus parentes
  • Relatar todos os medicamentos e suplementos que toma
  • Dizer ao médico se tem problemas ao dormir. Ele deverá perguntar também sobre eventuais sintomas de depressão e ansiedade.
O diagnóstico concreto da Fibromialgia exige muita conversa com o médico, assim como exames complexos. A pessoa acometida precisa de muita paciência porque leva tempo para fazer um diagnóstico completamente fiável. Muito dificilmente o diagnóstico de Fibromialgia é feito logo na primeira consulta com o reumatologista. Isso acontece muito devido a que, ao contrário de outros problemas reumatológicos, a dor não se limita às articulações.

Os exames por meio de imagens podem também não detectar alterações. Eles só aparecem em tomografias por emissão de pósitrons, capazes de fazer a captura durante o funcionamento do cérebro em tempo real.  Antes de receber o diagnóstico concreto, diversos pacientes acabam por procurar opinião de vários médicos, podendo em alguns casos chegar mesmo a fazer tratamentos de outras doenças que são confundidas com a Fibromialgia, mas que nada tem a ver, como por exemplo a doença de lúpus.

Tratar Fibromialgia

Como aliviar a Fibromialgia: 

Até aos dias de hoje, não existe nenhum tratamento considerado verdadeiramente eficaz para tratar esta doença. Existem pesquisas, testes e tratamento medicamentosos e não medicamentosos que muitas pessoas que padecem da doença fazem e que aliviam os sintomas, no entanto, na atualidade não existe cura, o que configura a Fibromialgia como uma doença crónica.
Os médicos tendem a procurar ajudar o paciente ao prescrever relaxantes musculares e analgésicos, porém apenas medicamentos não é suficiente. É necessária uma abordagem multidisciplinar, mudar o estilo de vida, a começar pelo cigarro (as pessoas que fumam). Pesquisas apontam que ele piora os sintomas. Já a atividade física é vista como aliada”. Outro ponto importante são as terapias para alivio das dores, como alongamento, ioga e fisioterapia.

Medicamentos Para Tratar Fibromialgia: 

Abaixo colocamos uma lista com os 8 Remédios mais Usados Para Tratar Fibromialgia:

  • Alginac
  • Ciclobenzaprina
  • Cymbalta
  • Lyrica
  • Miosan
  • Mirtax
  • Musculare
  • Nimesulida

Apenas um médico poderá indicar qual o medicamento mais apropriado a cada situação, assim como a dosagem certa e a duração do tratamento. Deve seguir sempre à risca as orientações do médico e NUNCA se automedique para tratar a doença. Após ser medicada com indicações do seu médico, não deve nunca interromper a toma do medicamento sem consultar antes o médico e deve seguir sempre as instruções na bula.

Em casa, você pode tomar algumas medidas para ajudar no tratamento e a conviver melhor com a doença. Veja exemplos:

  • Reduza o estresse diário
  • Durma o suficiente para estar descansado no dia seguinte
  • Exercite-se regularmente
  • Mantenha um mesmo ritmo de vida
  • Preserve um estilo de vida saudável.

Agora já conhece os tratamentos e os remédios mais usados para tratar Fibromialgia.

Atualizado a:

você pode gostar também