Cuidados para tratar a Disfunção Temporomandibular (DTM)

Atualizado a:

A disfunção temporomandibular é uma patologia que afeta a ATM (articulação temporomandibular). Esta localiza-se próximo ao ouvido e é responsável pelo abrir e fechar da boca. É caracterizada por alguns sintomas: dor, barulho ou estalos e limitação das funções realizadas pela mandíbula ao mastigar, abrir e fechar a boca.

Os fatores que podem predispor ao aparecimento da DTM são:

  • Trauma.
  • Acidentes ou impactos na região da cabeça e do pescoço podem provocar danos nos tecidos da ATM, levando ao aparecimento posterior de sintomas de DTM.
  • Quedas ou acidentes automobilísticos em que a desaceleração do veículo faz com que a cabeça seja projetada bruscamente para a frente e para trás podem causar dores na região, ou mesmo o deslocamento do disco articular.

É importante que o profissional que procura a origem do problema suspeite de cicatrizes ou história de trauma na região do queixo, mesmo em crianças, pois fraturas na região da cabeça e da mandíbula, às vezes, passam despercebidas no atendimento de urgência.

Mesmo o ato de ficar muitas horas sem fechar a boca num tratamento odontológico pode levar a uma situação articular que predisponha o paciente a, no futuro, ter problemas de DTM.
Sendo assim, sempre que possível, deve-se fracionar o tratamento ou proporcionar intervalos ao paciente a fim de que relaxe a musculatura da boca.

Hábitos nocivos.

Roer unhas, mascar pastilhas elásticas com frequência e durante longos períodos, chupar os dedos, ranger ou apertar os dentes mesmo que involuntariamente, são hábitos prejudiciais com fundo emocional, que causam uma sobrecarga e fadiga dos músculos da mastigação.

Podem até não causar de imediato a DTM, mas predispõem ao desenvolvimento dessa condição em idade mais avançada. Em geral, por se saber que a DTM é causada por problemas de ordem muscular, esses hábitos devem ser evitados e os pais e cuidadores precisam de ser orientados nesse sentido.
É importante lembrar que, durante todo o tempo, exceto quando comemos, os nossos dentes não devem tocar-se. Procure observar isso quando estiver em repouso, pois o stresse aliado ao ajustamento dos dentes causa sérios problemas em todo o aparelho mastigatório.

Oclusão.

O equilíbrio no contacto entre os dentes superiores e inferiores promove um desgaste fisiológico e harmónico das estruturas da ATM e um perfeito desenvolvimento da mandíbula.
Quando existe alguma desarmonia ou mesmo um tratamento restaurador, protético ou ortodôntico, a força da mastigação não é distribuída de forma homogénea entre os dentes, de tal forma que se concentre no longo eixo dos dentes, ao morder. Isso pode causar a perda da saúde do sistema mastigatório com futuros quadros sintomáticos.

É muito importante que, no fim desse tipo de trabalho, seja feita uma verificação e, se necessário, um ajuste da plataforma oclusal.

Mesmo uma única restauração alta não deve ser desconsiderada com a ideia de que pode habituar-se a ela. Isso pode ser o começo do desequilíbrio que levará ao problema.

Lisany Manfrim Contrera
Médica-Dentista

você pode gostar também