Alimento visto por um especialista em nutrição: gengibre

Avaliar

O gengibre (Zingiber officinale), considerado por muitos como um super alimento, tem sido muito badalado no nosso país, especialmente nos últimos tempos. Quando começaram a ser desvendados os inúmeros benefícios do gengibre para a saúde e bem-estar geral, parece que as prateleiras dos nossos supermercados rapidamente esgotavam este ingrediente culinário com sabor característico e intenso, pouco procurado até à data.

Regra geral, a parte mais utilizada desta planta, tanto na culinária como na tradicional medicina oriental, é o seu caule subterrâneo ou raiz, podendo encontrá-la sob várias formas e apresentações: fresco, em pó, cristalizado, em conserva, óleo essencial, extrato ou até mesmo em cápsulas.

gengibre

Em termos nutricionais trata-se de um alimento com baixo valor calórico, rico em minerais, como magnésio e potássio, e vitaminas, como folato e vitamina B6. No entanto, devido à reduzida quantidade consumida diariamente, a riqueza desta planta pode ser pouco significativa no aporte destes micro nutrientes ao nosso organismo. O gengibre apresenta uma substância ativa, o gingerol, que é responsável pelo seu sabor e também por grande parte das suas ações benéficas.
Como planta medicinal o gengibre é uma das mais antigas e populares do mundo, sendo a sua lista de benefícios quase interminável. O gengibre tem ação bactericida, é desintoxicante e acredita-se há séculos que possua poder afrodisíaco.
A realidade é que os seus efeitos são tão variados que, por vezes, custa a acreditar! Para além dos benefícios mencionados, o gengibre distingue-se ainda pelo seu papel antioxidante, antifúngico, anti-inflamatório, analgésico e antipirético, assim como o seu contributo para a inibição da agregação das plaquetas evitando o aparecimento de trombos (coágulos), ação cardioprotetora, efeito preventivo contra doenças degenerativas e certos tipos de cancro. É ainda conhecido pela sua ação termogénica, auxiliando na perda de peso para quem procura emagrecer. Ao aumentar a temperatura corporal, obriga o organismo a gastar um pouco mais de energia para estabilizar o seu termóstato interno de forma a manter a temperatura interna.

Várias formas, múltiplas aplicações do gengibre:

A aplicação terapêutica mais popular do gengibre é, sem dúvida, no tratamento para problemas gastrointestinais, nomeadamente no controlo de náuseas, vómitos e enjoos, sendo muitas vezes utilizado no primeiro trimestre da gravidez para aliviar este tipo de queixas. Ainda a nível digestivo, é considerado um excelente facilitador da digestão, para quem se sente enfartado após uma refeição rica em gordura, típica dos excessos alimentares.
Graças ao poder anti-inflamatório, o gengibre é ainda usado para aliviar dores decorrentes de artrites, dores musculares, infeções do trato respiratório, tosse e bronquite. A planta integra a formulação de variados xaropes por causa de sua ação anti-inflamatória e antibiótica.
O seu óleo é apontado como eficaz no tratamento de queimaduras. Além disso desempenha também um importante papel na dieta, que faz as maravilhas dos nutricionistas, pois estimula o olfato e paladar, contribuindo com a diminuição do uso do sal para temperar os alimentos. O chá, muitas vezes recomendado, por sua vez, aumenta o consumo de líquidos, favorecendo a hidratação e ajudando a eliminar as toxinas.
No entanto, é necessário ressaltar que se deve ter algum cuidado com o consumo excessivo de gengibre, pois, como tudo o que é em exagero, pode ter efeitos adversos.
Se ficou com vontade de experimentar mas não sabe como fazê-lo, saiba que pode utilizá-lo em preparações culinárias, como tempero para realçar o sabor e o aroma dos alimentos (pães, bolos, biscoitos, carnes, sopas, entre outros), e também sob forma de líquidos, como chás, sumos e demais bebidas.

Fonte: Lillian C. Barros – Nutricionista clinica

você pode gostar também

Este site utiliza cookies para melhorar a navegação. De acordo com as leis europeias ao navegar neste site concorda com a utilização de cookies. Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close