E quando o agressor de bullying…é o nosso filho???

Quando o agressor de bullying é o nosso filho, o que devemos fazer??

Faz parte da função de pai e de mãe proteger os seus filhos contra tudo e contra todos e regra geral é muito difícil os pais reconhecerem algo negativo na conduta dos seus próprios filhos. Não é fácil assumir que o nosso filho pode ser o mau da fita, mas o problema de uma má conduta pode crescer como uma bola de neve, neste sentido, deixo alguns conselhos:

1. Não devemos ignorar a situação;
2. Devemos manter a calma e procurar saber como ajudar o nosso filho da melhor forma;
3. Jamais usar de violência para resolver o problema (podemos ser acusados de maus tratos ao nosso próprio filho);
4. Investigar o porque do nosso filho ser um agressor ;
5. Falar com os professores, pedir-lhe ajuda, e escutar todas as críticas sobre o nosso filho;
6. Aproximar-mo-nos mais dos amigos do nosso filho e observar que atividades realizam (será que são os amigos que estão a influenciá-lo para agir desta forma?);
7. Estabelecer um canal de comunicação e confiança com o nosso filho. (As crianças necessitam sentir que os pais os escutam);
8. Devemos ter cuidado para não culpar aos demais pela má conduta do nosso próprio filho, sem termos certezas;
9. Colaborar com o contexto escolar onde o nosso filho estiver inserido para solucionar a situação da melhor forma;
10. Canalizar a conduta agressiva do nosso filho com algum desporto de competição, por exemplo;

11. Deixar claro ao nosso filho que a conduta de agressão não é permitida na família;
12. Deixar claro o que ocorrerá se a agressão continuar (explicar as possíveis consequências a curto, médio e longo prazo);
13. Ensiná-lo a praticar boas condutas;
14. Incentivar o nosso filho a manifestar as suas insatisfações e frustrações sem agressão.
15. Demonstrar-lhe que continuamos a amá-lo tanto quanto antes, mas que desaprovamos o seu comportamento (por vezes um reforço positivo por parte dos pais perante a agressividade dos filhos, pode piorar e muito a situação).

Atualizado a:

você pode gostar também