5 razões pelas quais deverá ser Otimista!

A importância do optimismo na vida.

Atualizado a:

Ser optimista é estar confiante em relação ao futuro em geral ou a algo em particular.

Quando nos imaginamos no futuro, a tendência é a de vermos aquilo que gostávamos que acontecesse e não aquilo que é objetivamente provável de acontecer. As pessoas desejam sempre que a sua situação melhore com o tempo.

Por isso, parece que ser otimista é algo natural e comum no ser humano e, embora uns sejam mais do que outros, a verdade é que há a tendência para ver as coisas melhores do que aquilo que a realidade nos apresenta em concreto.

Aliás, normalmente, quando as pessoas planeiam as suas tarefas para o dia, planeiam sempre mais do que aquilo que são capazes de fazer.

As crianças são também um excelente exemplo de otimismo infundado. Quando um bebé começa a tentar pôr-se de pé para dar os seus primeiros passos, apesar de cair inúmeras vezes ele continua sempre a tentar. Mesmo que alguém lhe dissesse “tu não vais conseguir, ainda és muito novo para começar a andar”, ele não deixaria de continuar a tentar, em parte porque ainda não tem consciência do significado de “não ser capaz” e porque precisa de continuar a tentar ou nunca irá conseguir andar.

A partir deste exemplo, vemos claramente que o otimismo é adaptativo, e se não fosse esta disposição para encarar as coisas de forma positiva e esperar que o resultado seja o pretendido, a raça humana jamais seria tão evoluída.

Se Thomas Edison não fosse um otimista por natureza, não teria acreditado que um fio de carbono poderia ficar incandescente durante muito tempo sem queimar para emitir luz. O optimismo é essencial para alcançar o sucesso. Esta disposição ajuda-nos a manter o foco nos objetivos, a superar dificuldades e a encontrar soluções para o que parece ser impossível de resolver.

É o otimismo que nos permite seguir em frente depois das desilusões e das adversidades. É graças ao otimismo que superamos a tristeza e acreditamos que o amanhã poderá ser bem melhor.

Aqui vão mais algumas razões pelas quais deverás manter uma atitude otimista perante a vida:

1- Ser Otimista ajuda a manter a perseverança e motivação para alcançar o sucesso

Uma pessoa otimista acredita que tem os meios necessários para executar as tarefas com êxito, mesmo sem ter provas disso.

Isto implica ter uma visão positiva de nós próprios, o que nos ajuda a manter um maior empenho e perseverança nas tarefas de maior duração.

Por sua vez, a perseverança permite-nos ser mais eficazes na execução das tarefas, aumentando assim a probabilidade de atingir metas pessoais.

Esta valorização positiva em relação a nós próprios vai alimentar a motivação e torná-la mais forte.

Quando as pessoas são otimistas e acreditam que vão ter sucesso nas tarefas que estão a desempenhar, elas trabalham mais tempo e com maior empenho do que uma pessoa com baixa auto-estima (e de igual desempenho), fazendo com que no futuro consigam executar cada vez melhor essas tarefas.

Por acréscimo, o otimismo é essencial para superar as dificuldades. Quando um otimista se depara com situações adversas, ele acredita que é capaz de as resolver e de ultrapassá-las, mesmo que tenha de fazer as coisas de maneira diferente e/ou com maior persistência.

O pessimismo, sendo que é um dos atributos da depressão, pode contribuir para a inação.

O estado de ânimo negativo parece reduzir a capacidade de actuar com eficácia, talvez porque o pessimismo realça as prováveis consequências negativas por executar determinada ação. O pessimismo, pode então diminuir a motivação e, por consequência, a atividade orientada ao alcance de determinado objetivo.

2- Ser otimista aumenta a inteligência e a criatividade

Quando estamos otimistas em relação ao nosso eu, à nossa capacidade de controlo pessoal e ao nosso futuro, conseguimos aumentar o nosso potencial intelectual porque ficamos mais criativos e animados para o trabalho.

As “ilusões positivas” ajudam-nos a estar e a manter-nos felizes, o que por sua vez influenciará o funcionamento intelectual e criativo.

As ideias ocorrem-nos com maior fluidez e velocidade quando estamos contentes, aumentando assim a probabilidade de utilizarmos estratégias eficientes para resolver os problemas de forma criativa.

A pessoa otimista é capaz de assimilar melhor a informação e de inferir associações pouco comuns entre ideias, considerando-se esta uma condição importante do pensamento criativo.

3- Ser otimista aumenta as competências para alcançar objetivos

Para alcançar o êxito numa tarefa, além da motivação, é necessário ter um conjunto de competências que nos façam avançar desde o ponto de partida até à meta desejada.

As pessoas otimistas acreditam ter os meios necessários para alcançar as suas metas, estão em melhores condições de eleger as tarefas apropriadas, de fazer estimações realistas do esforço que precisam realizar e de determinar quanto tempo devem manter a perseverança na tarefa.

Além disso, o ânimo positivo aumenta a capacidade e disposição para assumir riscos, talvez porque a pessoa está menos consciente das consequências negativas que podem acarretar as suas ações.

As pessoas otimistas lidam melhor com a frustração, o que lhes permite adiar a gratificação e a acreditar que assim poderão ter melhores resultados a longo prazo.

Neste sentido, estas pessoas possuem um conjunto de capacidades que lhes permitem alcançar metas mais ambiciosas e por isso são também mais propensas a assumir riscos para que o seu projeto cresça.

4- Ser otimista permite o crescimento pessoal

Quando estamos pessimistas sentimos que temos um baixo controlo sobre a situação e que pouco ou nada podemos fazer para alterá-la. Esta situação é geradora de stress e de angustia, tornando limitada a nossa capacidade de agir e de se concentrar para encontrar soluções e fazer o que é necessário.

Por sua vez, as pessoas otimistas parecem ser mais proativas na hora de lidar com uma situação de stress. Enquanto que os pessimistas perdem tempo a ruminar sobre a situação e a dominar as suas respostas emocionais, os otimistas partem logo para a ação e abordam a situação diretamente ao aplicarem métodos para superar as derrotas, para que a situação se torne mais simples e seja possível superá-la.

As pessoas otimistas aproveitam as adversidades para crescerem, mudarem e se adaptarem à vida com eficácia. A isto chama-se de crescimento pessoal.

As pessoas pessimistas ficam intimidades com os desafios e acreditam que é melhor viverem a sua vida com rotinas e ausência de mudanças. Elas têm poucas expetativas em relação ao seu desenvolvimento pessoal e têm uma atitude mais passiva perante as situações. Além do mais, as adversidades em vez de serem oportunidades para o seu crescimento pessoal, exercem um efeito paralisante.

5- Ser otimista melhora a saúde

As pessoas que acreditam poder controlar as situações adversas, costumam ter hábitos saudáveis e utilizam estratégias eficazes para lidarem com o stress.

As pessoas otimistas estão mais dispostas a analisar os aspetos controláveis das situações e, por isso, exercem um maior controlo sobre os seus hábitos de saúde.

Sendo assim, se eu acreditar que tenho a capacidade de iniciar uma dieta equilibrada então aumento a probabilidade de conseguir atingir o meu propósito, sendo que o contrário é também igualmente válido. Se duvidar da minha capacidade em iniciar a tal dieta, por mais que eu conheça os benefícios para a saúde, muito dificilmente conseguirei iniciar a dieta.

você pode gostar também